DICAS PARA QUEM QUER SER PATRÃO

 

Em um primeiro momento, pode parecer que qualquer negócio empreendedor começou apenas com uma boa idéia na cabeça e algum dinheiro no bolso. Para que o negócio sonhado transforme-se em realidade, no momento, é preciso seguir algumas regras básicas. Fazer um projeto, com base em um público-alvo definido, permite que o empreendimento seja estudado com mais profundidade e ajuda na hora de obter os recursos necessários para começar a trabalhar. Veja como colocar e tirar uma idéia do papel:

Uma boa idéia só vale quando está no papel
De nada adianta criar boas idéias de negócios o tempo todo se elas não forem colocadas no papel. Entre os empreendedores, há uma máxima que diz que toda boa idéia, se não for documentada, não passa de um sonho.

Defina um público-alvo
Esta é uma das maiores dificuldades de empreendedores inexperientes. Definir público-alvo vai além de uma visão social. São necessários estudos e análises sobre importância do produto que quer se vender para um determinado nicho da sociedade. Um cosmético, por exemplo, pode servir para homens, mulheres, pessoas de meia idade, ricos e pobres. Concentre esforços para atrair apenas alguns destes públicos.

Falta de crédito
É errada a visão de que, ao procurar uma incubadora ou uma aceleradora de empresas só pela existência de um bom projeto, choverão linhas de crédito para o empreendimento. Prepare-se para ter reservas que possam fazer a empresa operar com o máximo de produtividade possível - menos custos e maiores margens - durante, pelo menos, dois anos.

Tributação
A maior preocupação do empreendedor deve ser o seu negócio. Perder horas e horas de trabalho em cálculos de tributos pode prejudicar o desempenho da empresa. A melhor coisa é procurar ajuda em organizações especializadas ou contratar serviços terceirizados para lidar com o tema. Eles estarão familiarizados do que o empreendedor para tratar do assunto.

Aceite todo tipo de opinião
O bom empreendedor não desmerece qualquer opinião, seja ela dada pelo presidente de uma empresa de grande porte ou por um funcionário de baixo escalão. Muitas vezes, o produto ou serviço fornecido pelo empreendedor se aproxima da realidade de um, mas não de outro. Pesquisas sobre o desempenho do seu produto ou serviço junto aos consumidores podem parecer caras, mas também podem ser de extrema relevância para o crescimento de um negócio.

Contabilidade
A contabilidade de uma empresa é um dos fatores que podem acabar com um bom negócio. Reservas de Caixa são extremamente necessárias para cobrir despesas com as quais, normalmente, um empreendedor inexperiente se preocupa só na hora em que aparecem. As despesas trabalhistas, como férias, 13º salário, dissídios e demissões, entre outros, devem ser tidas como prioridade. Além de contribuírem contra eventuais processos, pagamentos em dia são vistos com bons olhos pelos funcionários.

Procure Parceiros
Por mais que, na maioria das vezes, eventuais sócios e parceiros não sejam vistos com bons olhos, lembre-se de que numa etapa inicial, cortar custos pela metade pode representar maiores investimentos no futuro. O sucesso de uma empresa pode depender de parceiros estratégicos, por exemplo, em regiões onde seu departamento de vendas não consegue chegar.

 

Fontes: ITS, IBQP, Endeavor e Sebrae