O   D I L E M A


Um milionário se encontrava à beira da morte com uma terrível preocupação; para quem deixar sua herança, pois não possuía herdeiros.

Em um dos seus delírios febris teve um "sonho" e, então, resolveu transformá-lo em realidade.

"Quem conseguir fazer o meu burrinho de estimação, companheiro de longas jornadas e agora tão moribundo quanto eu; rir, chorar e correr, ficará com a bolada".

Houve um grande número de inscritos para o concurso: palhaços de circo, comediantes, políticos, mágicos, analistas de mercado financeiro etc.

Iniciado o concurso, após horas de tentativas, ninguém obteve êxito.Quando já estavam desanimados e pensando em encerrar o concurso, eis que surge um candidato que se identificou como sendo um funcionário público.

Imediatamente se dirigiu à "orelhinha" do "burrico", e não deu outra, conseguiu a proeza.

A multidão incrédula pediu uma explicação: como? como? como?

Foi muito simples! Disse o homem:

1º  falei que era um funcionário público; ele gargalhou.

2º  falei quanto eu ganhava; ele chorou.

3º  perguntei se ele queria o meu emprego; ele saiu em disparada.