PROVÃO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

 

1º Provão - 2002
Gabarito das questões de múltipla escolha

Gabarito das questões discursivas

2º Provão - 2003
Gabarito das questões de múltipla escolha



Obs.


P  r  o  v  ã  o

Avaliação realizada anualmente pelo MEC (Ministério da Educação e cultura) do Governo Federal em âmbito nacional. É uma prova semelhante a um vestibular aplicada a todos os alunos concluintes dos cursos listados para a prova. A participação dos alunos é obrigatória para possibilitar a posterior obtenção do diploma. E a inscrição é realizada pela própria faculdade junto ao MEC, gratuitamente.

Portaria MEC nº 3018, de 21/12/2001

C      O      N      T      E      Ú      D      O      S
Formação Geral Formação Profissional Básica Formação Profissional Específica
Língua Portuguesa Administração Geral Contabilidade Geral
Noções de Direito Economia Teoria da Contabilidade (incluindo Normas Brasileiras de Contabilidade)
Noções de Ciências Sociais Direito Aplicado (incluindo legislação  societária, comercial, trabalhista e tributária Análise das Demonstrações Contábeis
Ética Geral e Profissional Matemática Auditoria
  Estatística Administração Financeira e Orçamento Empresarial
    Contabilidade Pública
    Contabilidade e Análise de Custos

 

PERFIL ESPERADO DO CONTABILISTA DO 3º MILÊNIO

a) postura ética geral e profissional, com responsabilidade social;

b) capacidade de raciocínio lógico e de desenvolvimento de análise e juízos críticos;

c) visão holística, sistêmica e gerencial;

d) capacidade de participação em equipes multidisciplinares;

e) capacidade de iniciativa e de interação na comunidade;

f) consciência da importância da educação continuada para o exercício da profissão;

g) abertura às inovações tecnológicas;

h) visão global do cenário econômico e financeiro nacional e internacional, em que se insere a contabilidade.

 

HABILIDADES DESEJADAS

a) comunicação  e expressão corretas em língua portuguesa;

b) uso apropriado da linguagem contábil;

c) análise e interpretação dos fenômenos que dão origem à prática contábil;

d) desenvolvimento de raciocínio lógico, para a formação e emissão de juízos críticos fundamentados;

e) criação e elaboração de sistemas de informações contábeis para fins decisórios;

f) análise de sistemas de informações para fins decisórios.